Ex-capital da seleção está sendo investigado por supostamente ter repassado dinheiro

A Polícia Civil de São Paulo está investigando Cafu por supostamente ter repassado dinheiro. Seu nome foi encontrado na lista de registros de um dos líderes financeiros do PCC.

O jogador teria sido favorecido pela compra de um terreno no Alphaville, em Barueri. Os valores não foram confirmados ainda. Todas as informações saíram da Veja.

O líder financeiro era Décio Gouveia Luiz, e após ter seu celular apreendido pela polícia, foi revelado que o nome de Cafu estaria envolvido com o repasse.

Décio está preso na Penitenciária de Presidente Wenceslau II, ele seria o encarregado da lavagem de dinheiro, além de esconder os valores recebidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here